COMO REDUZIR O CONSUMO ENERGÉTICO


Saiba como poupar energia com os electrodomésticos da sua casa. Utilize-os de forma mais eficiente e inteligente. Leia algumas dicas que a ElectroWarehouse preparou para si para que consiga mais, por menos.

Para reduzir o consumo energético opte sempre que possível o uso de electrodomésticos com etiqueta energética da classe A+ ou A++.

FRIGORÍFICOS E COMBINADOS
- Opte por um equipamento com etiqueta energética da classe A+ ou A++ e que vá de encontro às suas necessidades (tamanho do agregado familiar, periodicidade das compras e volume de congelação e refrigeração).
- Colocar em local fresco e ventilado e longe de possíveis fontes de calor (fogão, forno e luz solar).
- Regular o termóstato de forma a manter uma temperatura de 5º no compartimento de refrigeração e de -18º no compartimento de congelação.
- Descongelar antes que a capa de gelo alcance os 3mm de espessura (conseguirá poupanças de energia de cerca de 30%).
- Limpar uma vez por ano a parte traseira do equipamento e afastar a grelha traseira do equipamento cerca de 5 cm da parede.
- Verificar periodicamente o estado das borrachas de vedação que permitem o correcto fecho da porta do equipamento.
- Abrir a porta o menos possível e fechar assim que possível.
- Em caso do ausências prolongadas o equipamento deverá ser esvaziado e desligado.
- Descongelar os alimentos transferindo-os do congelador para o frigorífico.
- Não encher demasiado o frigorífico, para que o ar possa circular livremente entre os alimentos.
- Manter os alimentos bem tapados, de modo a diminuir a libertação de humidade, evitando que o compressor gaste mais energia.
- Deixe arrefecer os alimentos antes de os colocar no frigorífico.

MÁQUINA DE LAVAR LOIÇA
- Programar, se possível, os programas de lavagem para períodos nocturnos. Esta situação será ainda mais vantajosa se tiver um ciclo de contagem bi-horário ou tri-horário.
- Utilizar um programa económico e de baixa temperatura.
- Lavar com a carga máxima indicada pelo fabricante do equipamento.
- Manter os filtros sempre limpos.
- Mantenha sempre cheios os depósitos de sal e abrilhantador pois reduzem o consumo de energia na lavagem e secagem da loiça.

MÁQUINA DE LAVAR E/OU SECAR ROUPA
- Adquirir equipamentos bitérmicos (puxadas de água independentes: uma para a água fria e outra para a água quente) que utilizam a água pré-aquecida por outras fontes mais eficientes (esquentador ou caldeira a gás).
- Trabalhar sempre com a carga máxima, poupando água e energia.
- Evitar a pré-lavagem e utilizar os programas de baixa temperatura, excepto quando a roupa está muito suja.
- Centrifugar gasta muito menos energia para secar a roupa do que utilizar a opção de secagem.
- Sempre que possível opte por secar a roupa ao ar livre.
- Programar, se possível, os programas de lavagem e/ou secagem para períodos nocturnos. Esta situação será ainda mais vantajosa se tiver um ciclo de contagem bi-horário ou tri-horário.
- Manter o filtro sempre limpo.

FORNO E FOGÃO
- No forno utilizar preferencialmente recipientes de cerâmica ou vidro, que permitem cozinhar os alimentos com temperaturas mais baixas.
- Só abrir forno se necessário. Cada vez que o abre está a ter uma perda energética de pelo menos 20%.
- Aproveitar ao máximo a capacidade do forno, cozinhando de uma vez só o maior número de alimentos.
- Não é necessário aquecer previamente o forno para cozinhados superiores a 1 hora.
- Apagar o forno um pouco antes de finalizar a confecção: o calor residual será suficiente para acabar o processo.
- Manter o forno limpo de forma a que o calor de reflicta melhor, consumindo menos energia.
- Verificar se a porta do forno veda bem, substituindo as juntas e borrachas de vedação sempre que necessário.
- Utilizar a panela de pressão na confecção dos alimentos, o que permite a redução do tempo de confecção dos alimentos.
- Descongelar os alimentos um pouco antes de os cozinhar.
- Manter os recipientes tapados enquanto cozinha.
- Certificar-se que a placa eléctrica ou bico do fogão não é maior do que a base do recipiente.

OS NOSSOS PRODUTOS MAIS SUSTENTÁVEIS